Mulher grávida se submetendo a um dos tratamentos estéticos para gestantes

Principais cuidados que todo profissional deve ter nos tratamentos estéticos para gestantes

O período gestacional é uma época de muitas mudanças para as mulheres, sobretudo alterações hormonais que afetam diretamente o seu corpo. Por isso, além dos cuidados com a saúde, muitas as mulheres que reforçam os cuidados com a aparência investindo em tratamentos estéticos para gestantes durante a gravidez.

Mas, será que grávidas podem se submeter a todos os procedimentos? Quais tratamento são liberados para gestantes?

 Essas são dúvidas recorrentes entre os profissionais da estética e de extrema importância!

O primeiro ponto a se esclarecer é que sim, grávidas podem realizar procedimentos estéticos ao longo da gestação. No entanto, existem algumas restrições que devem ser respeitadas e todo o tratamento deve ser executado apenas com liberação médica. Afinal, a gravidez é um período que requer total atenção por parte da mulher, assim como dos médicos e demais profissionais que a acompanham.

Entenda quais são as restrições e permissões para grávidas que desejam realizar procedimentos estéticos não invasivos.

Tratamentos estéticos para gestantes: permissões e restrições

As restrições em tratamentos estéticos para gestantes estão ligadas principalmente ao uso de substâncias químicas, pois não existem testes para comprarem sua segurança nesse perfil de público. Motivo pelo qual, para segurança da mãe e do bebê, tratamentos faciais e corporais que tenham algum tipo de ação química são contraindicados.

Deve-se evitar o uso em mulheres grávidas de dois ativos, que se destacam porque estão presentes em cosméticos de uso diário:

  • Ácido Salicílico
  • Ácido Retinóico.

Ambos são exemplos de produtos que não podem ser aplicados em gestantes, porque trata-se de uma pele muito sensível e reativa a qualquer estímulo irritativo. O uso de ácidos ou produtos que contenham os mesmos podem causar um aumento da sensibilidade na pele da mulher, favorecendo o surgimento de manchas.

O recomendado é que a mulher suspenda o uso dos produtos que tenham essas substâncias até o fim da gravidez e busque alternativas naturais. Por esse motivo, muitas acabam recorrendo a tratamentos estéticos durante a gestação, especialmente para a área do rosto. Mas, antes de realizar qualquer procedimento, é importante que a grávida solicite liberação médica.

Quais são os tratamentos estéticos permitidos para gestantes?

Durante a gestão, as mulheres tendem a buscar, principalmente, por tratamentos faciais. Isso porque, devido às alterações hormonais, a pele do rosto sofre modificações que costumam causar incômodos, como excesso de acne, oleosidade e até mesmo manchas no rosto.

Permite-se aplicar alguns tratamentos em gestantes para minimizar essas e outras condições. O BodySculpt, por exemplo, é um deles, já que é utilzado com segurança em grávidas e lactantes, pois não tem emissão de energia elétrica e/ou ondas eletromagnéticas. Para isso, o equipamento desenvolvido pela Body Health utiliza a combinação entre duas tecnologias: Dermahealth e Dermoleds.

A primeira é uma endermologia que gera uma pressão positiva promovida por uma turbina axial, que estimula a microcirculação através de uma sucção contínua, juntamente com a ação de Dermoleds. Dessa forma, o tratamento estimula a microcirculação e ativa os receptores das células, estimulando a produção de colágeno e elastina.

O profissional realiza todos os procedimentos com um aplicador anatômico, que garante maior segurança para ele e conforto para o paciente.

Outra funcionalidade do BodySculpt é o tratamento de Microdermoabrasão com Diamond Sticks indicado para esfoliação facial e corporal. Um peeling mecânico, ou seja, sem substâncias químicas, capaz de promover a regeneração das células e acelerar a renovação da pele.

Sendo indicado para o tratamento de estrias, cicatrizes de acne e entre outros problemas cutâneos que apareçam durante a gravidez.

Benefícios de procedimentos estéticos para as grávidas:

Os tratamentos estéticos para gestantes, como o BodyScult, proporcionam bem-estar para essas mulheres que estão sofrendo constantes modificações no seu corpo. Porque eles conseguem minimizar os efeitos dessas mudanças, proporcionando conforto e uma melhor autoestima para a mulher ao longo da gestão.

Nessa condição, as gestantes tendem a reter muito líquido e ficar com inchaço, principalmente nas pernas. E o BodySculpt faz uma potente drenagem linfática, que melhora muito a sensação de peso nas pernas, que tanto incomoda.

Também são observados benefícios para a saúde dessa mulher, por exemplo:

  • Reduz a retenção de líquido;
  • Diminui os efeitos do inchaço típico da gravidez;
  • Melhora o contorno corporal e facial;
  • Previne o surgimento de estrias, celulites e varizes;
  • Estimula a produção de colágeno;
  • Elimina cicatrizes de acne e outros problemas cutâneos.

Observamos esses e outros resultados ao longo do protocolo executado durante a gestão, assim como no pós-parto. Já que os resultados do BodySculpt são duradouros, desde que o profissional faça a aplicação e manutenção adequada.

Principais cuidados antes e após os procedimentos:

Conhecer os tratamentos estéticos liberados para grávidas é o primeiro passo para que os procedimentos sejam seguros para essas pacientes. Mas, esse não é o único cuidado que o profissional deve ter ao realizar esse atendimento!

 As gestantes precisam de atenção redobrada antes e após os procedimentos.

O principal cuidado é conseguir liberação médica para a realização do procedimento, por mais simples que ele seja. Isso porque, mesmo se tratando de um procedimento natural como o do BodySculpt, podem existir contraindicações para a realização do mesmo. Portanto, sempre solicite a liberação do ginecologista ou médico responsável pelo pré-natal antes de iniciar as sessões.

Outros cuidados também são importantes para garantir a segurança da gestante, tais como:

  • Utilize equipamento liberado para gestantes, como o BodySculpt;
  • Realize apenas protocolos que sejam confortáveis para a mulher;
  • Observe as reações após cada uma das sessões;
  • Converse com a paciente sobre as expectativas com relação ao procedimento.

Ao seguir essas recomendações será possível executar um tratamento seguro para a gestante, principalmente se for combinado aos benefícios do BodyScult.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir conversa
Fale com uma consultora
Fale com uma consultora.