Mulher deitada de bruços enquanto faz o tratamento com o aparelho de endermologia Unyque na coxa.

O que é e para que serve um aparelho de endermologia

Se você chegou até aqui é porque procura por um tratamento estético capaz de eliminar aquela gordurinha que insiste em aparecer nas roupas ou acabar de vez com os furinhos causados pela celulite. Certo? A solução para esses incômodos estéticos pode estar em um tratamento simples e super acessível com um aparelho de endermologia, mas que possui resultados incríveis!

A terapia endermo, como conhecida, promove uma remodelação corporal, deixando a pele mais lisinha, mais tonificada e com menos gordura localizada e aspecto celulítico. É um tratamento transformador, que tem sido muito procurado nas clínicas estéticas de todo o país.

Quer saber mais sobre essa tecnologia que promete acabar com a celulite e a gordura localizada? Continue lendo que iremos te contar sobre o aparelho de endermologia para que serve, quais os benefícios do tratamento, sessões e qual o melhor equipamento do mercado.

O que é e para que serve o aparelho de endermologia?

O aparelho de endermologia é um equipamento estético que realiza o procedimento de endermoterapia, técnica que gera um efeito de massagem mecânica e drenagem linfática profunda.

A endermoterapia, popularmente conhecida como endermo, foi criada em 1970 na França, por Louis Paul Guitay, originalmente projetada para tratar as aderências e fibroses de seu corpo, causadas por queimaduras graves sofridas por seu criador em um acidente de carro.

Hoje, utiliza-se o aparelho de endermoterapia no mundo todo, para uma infinidade de propósitos, sendo muito usual no mercado da estética para tratamentos corporais para celulite e gordura localizada. Vem sendo usada também para tratar linfedema e fibroses decorrentes desse problema.

A terapia atua de forma direta no sistema linfático do organismo, regularizando o sistema hídrico do corpo. Com isso: elimina toxinas dos tecidos, renova a circulação de nutrientes e reduz os inchaços, além de promover um relaxamento muscular.

Qual a diferença de endermologia e vacuoterapia?

A endermologia e vacuoterapia genericamente são considerados a mesma coisa por realizarem uma sucção do tecido através de um cabeçote deslizado na área tratada. Só que a forma com que essa sucção é realizada diferencia essas duas técnicas, podendo ser positiva ou negativa.

A maioria dos equipamentos de endermologia possuem uma bomba de sucção geradora de pressão negativa (vácuo), podendo ser configurada de forma contínua ou pulsátil. Por isso também são chamadas de vacuoterapia. Eles têm sua pressão controlada por um vacuômetro em unidades medidas como mmHg. Esta pressão negativa realiza sucção, promovendo assim a dobra na pele, dando a sensação de aspiração (vácuopressurização).

Portanto, para tal terapia, o profissional deve saber manusear corretamente os rolos para que não haja estrangulamento e/ou pinçamentos do tecido, levando à equimoses e à lesões.

Já em outros aparelhos de endermologia a pressão utilizada é positiva, como no Unyque da Body Health. Nesse aparelho, o aplicador realiza uma sucção por turbina axial, que através de hélices geram rotações que causam um movimento contrário do ar, resultando em um empuxo que realiza a sucção.

Esta forma de uso é mais segura em relação à outras formas de sucção por não causar garroteamento do tecido, podendo ser executada de forma linear ao tecido e também realizando contornos das áreas.

Vale ressaltar que, independente da nomenclatura, todas eles se utilizam da técnica de sucção para melhorar a oxigenação dos tecidos, da circulação sanguínea e linfática. Promovendo a melhora da textura da pele, tonificação tecidual, relaxamento muscular e contorno corporal.

Como funciona o aparelho de endermoterapia?

Já sabemos sobre o aparelho de endermologia para que serve, agora vamos entender como é o seu funcionamento. Como dito, o equipamento utiliza-se de uma drenagem linfática mecânica e pode ser associada com uma massagem modeladora profunda, o que não se atinge de forma manual.

A manopla possui rolos que atuam mecanicamente através do deslizamento na pele em direção à circulação linfática. No momento em que desliza sobre a região tratada, ele promove uma sensação de massagem mais precisa, porém confortável.

A sucção controlada que o equipamento provoca, faz com que a pele crie delicadamente uma dobra simétrica e se desdobre continuamente, mobilizando a camada de gordura. Dessa forma, há uma redistribuição dessa pele e do tecido subcutâneo, rompimento de nódulos fibrosos e remoção de ondulações e aderências presente ali.

Qual a principal função da endermologia na celulite?

A celulite é uma das principais queixas nos consultórios dermatológicos e centros de estética. O aspecto casca de laranja consiste em células adiposas que estão separadas por tecido conjuntivo e pode ter diversas causas, como retenção de líquidos, estresse, hormônios ou predisposição genética.

Imagem ilustrando a pele com e se celulite

A técnica de endermologia para celulite é extremamente eficaz, já que a massagem mecânica provoca a quebra das fibras que estão entre a gordura, produzindo uma intensa mobilização na pele e tecido subcutâneo. A atuação da pressão promove a melhora da circulação sanguínea e drenagem linfática, eliminando toxinas do tecido, intensificando a oxigenação e nutrição da pele e redução dos nódulos fibrosos da celulite.

Os efeitos finais do procedimento vão depender, naturalmente, do grau de acometimento do paciente. Quanto mais próximo do estágio inicial da condição, melhores são os resultados visíveis do tratamento, sem a necessidade de outras terapias combinadas. Mas, de forma geral, os efeitos do aparelho de endermologia para celulite são bastante positivos.

Quantas sessões de endermologia são necessárias?

A definição do número de sessões irá depender de alguns fatores, como características da pele do paciente, estágio do acometimento da celulite ou gordura localizada, eficiência do aparelho de endermologia utilizado, dentre outros.

Em média, para que os resultados possam ser vistos, são necessárias 6 sessões, com duração em torno de 35 minutos cada, podendo chegar até 10. Recomenda-se que seja feita uma sessão de manutenção mensal, para conservação dos resultados.

Qual o valor de uma sessão de endermologia?

O preço da sessão também é bastante variável. De acordo com a região da clínica, qualidade do aparelho de endermologia utilizado e experiência do profissional que fará a aplicação, o valor irá mudar.

A quantidade de sessões também influencia no preço final. Sessões avulsas terão valor maior que a sessão fechada em um pacote, por exemplo. A média de custo é R$400,00 por aplicação.

Quem não pode fazer endermologia?

Por promover um aumento da circulação sanguínea, não indica-se esta terapia para pessoas que possuem algumas doenças e que tenham certas condições, como:

  • problemas respiratórios, cardíacos, nos rins ou circulatórios;
  • doenças infecciosas e progressivas ou inflamações agudas;
  • trombose, câncer, diabetes, hepatite, hipertensão;
  • afecções de pele;
  • pessoas que possuem hérnias;
  • grávidas;
  • pacientes que tenham cicatrizes inelásticas;
  • pacientes que usem desfibrilador interno ou marca-passo;
  • infecção de pele na região tratada.

Qual a diferença da Endermologia e Criofrequência?

A Endermologia, como vimos, é um tratamento estético que utiliza de um equipamento para promover a sucção do tecido cutâneo através de pressão positiva ou negativa (vácuo), juntamente à pressão exercida pelos rolos presentes no cabeçote do aparelho. Essa sucção faz com que uma prega móvel seja criada no tecido, promovendo um efeito de massagem e drenagem linfática profunda.

Já a Criofrequência é uma terapia que age com choques térmicos gerados na pele através da associação de uma ponteira que resfria supercicialmente a pele enquanto aquece o interior das camadas mais profundas em até 60ºC por meio de ondas eletromagnéticas, conforme a Dra. Patrícia Froes explica no vídeo abaixo. Dessa forma, há uma desestabilização do metabolismo e quebra das células de gordura, estimulando a formação de novas fibras de colágeno e elastina e proporcionando uma tensão instantânea da pele.

As duas são tecnologias diferentes, as quais o profissional pode optar por utilizar de forma complementar como terapias combinadas, tendo excelentes resultados para gordura localizada e celulite. Porém, até então essa associação só era possível utilizando equipamentos diferentes e em momentos diferentes, o que demandava um maior investimento e também um desprendimento maior de tempo na sessão.

Aproveitando dessa compatibilidade entre essas tecnologias, o departamento médico da Body Health criou uma tecnologia que associa a criofrequência body health com a endermologia: a Refreeze. Essa associação faz com que a emissão das duas tecnologias seja feita por um único aplicador, simultaneamente na mesma sessão.

Os efeitos da prega cutânea causados pela Endermologia fazem com que os efeitos da Criofrequência sejam potencializados. Isto porque a primeira terapia faz com que o calor adentre mais profundamente e de forma mais rápida na pele, intensificando a atividade fibroblástica e regeneração do colágeno e elastina. A Refreeze Body Health, portanto, trabalha desde a derme superficial até a hipoderme, somando a ativação da microcirculação local com incremento da chegada de oxigênio e nutrientes.

A combinação das duas tecnologias permite produzir calor intenso nas células reduzindo a camada adiposa, mobilizar o tecido e ativar a microcirculação local, revitalizar o tecido subcutâneo melhorando o aspecto da pele, melhorar a eliminação de toxinas e radicais livre e aumentar o efeito de lifting instantâneo provocado pela radiofrequência, de forma progressiva e duradoura.

Qual o melhor aparelho de endermologia?

Existem uma gama de aparelhos de vacuoterapia e endermologia disponíveis no mercado. Mas consideramos o melhor equipamento aquele que possui a melhor tecnologia e permite diversas possibilidades de tratamento e associações.

A terapia Refreeze desenvolvida pela Body Health, que combina a Endermologia com sucção contínua e emissão de Criofrequência, é uma inovadora e moderna tecnologia. Ela chegou para revolucionar os tratamentos estéticos corporais. O resultados são a ativação do sistema linfático, estimulação da regeneração do colágeno e redução de medidas de forma simultânea.

Essa tecnologia pode ser encontrada no equipamento Unyque, recentemente lançado pela Body Health Brasil. O aparelho, além de trazer um novo conceito em tecnologia de tratamentos estéticos, possui softwares intuitivos e manoplas mais leves e ergonômicas. Tudo isso proporciona que o procedimento seja mais efetivo e eficaz.

Preparada para testar esse novo aparelho de endermologia?

Já pensou em realizar um tratamento que, ao mesmo tempo, vai te dar todos esses resultados de uma só vez? Procure agora mesmo por uma clínica estética mais perto de você, que ofereça tratamentos com o uso do Unyque Body Health. Modele seu corpo e acabe de vez com aquelas gordurinhas ou celulite que te incomodam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir conversa
Fale com uma consultora
Fale com uma consultora.