Mulher realizando Criofrequência para diminuir edema

Como a Criofrequência pode ser usada para diminuir edemas

Se você trabalha na área da estética, provavelmente atende vários pacientes com uma queixa bem comum: edema em algumas regiões do corpo, que causam bastante desconforto e interferem na qualidade de vida. Mas você sabe quais soluções oferecer na sua clínica para diminuir edema?

Uma alternativa bastante eficiente é utilizar como aliada a Criofrequência. Neste artigo vamos entender como ela age para diminuir edema. Mas antes, vamos entender um pouco mais sobre esse problema?

O que é, causas e sintomas do edema

Edema é o termo técnico/médico dado ao conhecido inchaço, causado pelo retenção de fluídos entre os diversos tecidos e cavidades do organismo. Ou seja, o edema nada mais é do que o acúmulo anormal de líquidos, que é sai dos vasos sanguíneos e vai para o tecido subcutâneo.

ilustração mostrando o acúmulo de líquido entre as células

A causa pode ser por vários motivos, como por exemplo enfraquecimento da parede dos vasos sanguíneos (fazendo com que certos líquidos escapem dos vasos por meio de um processo de osmose), infecções e consumo excessivo de sal. Outras causas são:

  • – problemas hepáticos, cardiácos ou renais;
  • – processos inflamatórios;
  • – Intoxicação;
  • – Hipóxia (que é quando falta oxigênio em determinada parte do corpo);
  • – uso de medicamentos que alteram a permeabilidade dos vasos sanguíneos;
  • – uso de pípula contraceptiva ou variações hormonais;
  • – sedentarismo.
  • O edema pode ser localizado, atingindo um único ponto do corpo, como pés, mãos e braços ou pode ser generalizado, acontecendo em todo o corpo do indivíduo e sendo mais difícil de ser percebido.

Os principais sintomas são:

  • – aumento do tamanho dos pés, tornozelos, mãos e braços;
  • – pele com aparência de esticada e brilhante;
  • – sensação de peso na região afetada;
  • – aumento do volume da região.
  • Pode-se fazer a identificação do edema pressionando a região utilizando a ponta do dedo. Esse é o conhecido teste de Cacifo Positivo, que mostra um afundamento da área com a pressão, em caso de presença do edema.
teste de Cacifo Positivo

Como usar a Criofrequência para diminuir edema

Agora que já falamos um pouco sobre o edema, suas causas e sintomas, vamos para o tema principal deste artigo: como utilizar a Criofrequência no tratamento para diminuir edema.

A Criofrequência é um tratamento estético que combina radiofrequência com frio externo à ponteira de emissão eletromagnética. Esse frio é condutivo, agindo de fora para dentro e é controlado pela energia de ondas eletromagnéticas.

A Criofrequência mobiliza colágeno e elastina, trabalhando flacidez tissular corporal e facial e também trabalha gordura localizada. Essa tecnologia conta com a opção Multipolar de 650 w e Monopolar de 400w no mesmo aplicador, sendo que esta energia gera efeitos como o choque térmico, intensificando o efeito lifting promovido pela Radiofrequência.

O tratamento com Criofrequência normalmente é utilizado para:

  • – redução de gordura localizada, inclusive em áreas mais difíceis de serem trabalhadas;
  • flacidez tissular;
  • – redução de celulite;
  • – redução de rugas e linhas de expressão;
  • – efeito de lifting instantâneo.

É um tratamento seguro, não invasivo, completamente indolor e aprovada pela Anvisa.

Em 2020, um protocolo desenvolvido em parceria Body Health com Sublime Med, o DrenaCrio, também fez com que a Criofrequência possa ser usada para diminuir edema.

Esse método de tratamento é chamado de DrenaCrio, e pode ser realizado em diferentes regiões do corpo e prioriza áreas que se apresentam mais congestionadas, que são os pontos linfáticos de acordo com as queixas de cada cliente. Ele utiliza as ondas da Criofrequência para realizar uma drenagem linfática profunda, estimulando o transporte da linfa pelos vasos sanguíneos. Com isso, os efeitos são:

  • – aumento da oxigenação dos tecidos;
  • – favorecimento da eliminação dos líquidos que estão em excesso;
  • – descongestiona o sistema linfático;
  • – estimula o sistema linfático profundo;
  • – melhora do contorno corporal e facial;
  • – redução do aspecto da celulite;
  • – redução do inchaço.

Por trabalhar de forma sistêmica, o resultado pode ocorrer até mesmo em áreas que não foram trabalhadas, como a face e papada, por exemplo.

Esse protocolo também melhora a saúde e qualidade de vida, reduzindo dores e incômodos nas pernas, a sensação de peso ao andar e correr e a restrição de movimentos. Além de renovar a autoestima e melhorar o bem-estar.

Por ser utilizado a tecnologia da Criofrequência os resultados para diminuir edema são mais rápidos e com duração a longo prazo. Além disso, como efeito do tratamento, a flacidez e a gordura localizada podem ter uma melhora e o tratamento irá realizar estimulo de colágeno na região tratada.

Mesmo com o objetivo focado em edema, o tratamento não deixa de estimular a regeneração dos tecidos, causando melhora no sistema imunológico, relaxamento e promove ação anti-inflamatória do organismo, contribuindo a melhora da circulação sanguínea.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir conversa
Fale com uma consultora
Fale com uma consultora.